Chiquinha Gonzaga

terça-feira 22 de dezembro de 2015

Chiquinha Gonzaga (1847-1935) só pôde se dedicar à carreira musical após se separar do marido e abrir mão dos filhos. Foi pioneira em vários aspectos: primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil; autora da primeira marcha carnavalesca, líder na batalha pelos direitos autorais etc. Em 2015, o colecionador Gilberto Inácio Gonçalves localizou no lixo de uma loja um disco jamais comercializado e que traz a própria Chiquinha ao piano (e, provavelmente, também anunciando as gravações). São duas músicas, sendo Xi! (ou Argentina) uma delas, escolhida por Alexandre Dias para este programa. O IMS restaurou o acetato até o limite possível. A audição vale, sobretudo, pelo valor histórico da descoberta. 

Este programa é uma parceria com o Instituto Piano Brasileiro (www.institutopianobrasileiro.com.br). Também vai ao ar na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro aos domingos, às 20h.

Roteiro e apresentação: Alexandre Dias

Piano brasileiro

mais informações sobre o programa

Criador do Instituto Piano Brasileiro e responsável pelo site do IMS dedicado a Ernesto Nazareth, o pesquisador e pianista Alexandre Dias concebeu uma série de programas de rádio (cada um com não mais do que sete minutos) para falar dos grandes nomes da história deste instrumento no Brasil. Ele alterna pianistas mais ligados à música clássica com outros vinculados à popular.

Os programas também vão ao ar na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz), às 13h de domingo, entrando no site da Batuta às terças-feiras e sendo reapresentados na emissora carioca às 18h30 de quinta-feira.

outros